Vistos eletrônicos já representam 75% do total de pedidos no Brasil

Os viajantes que têm como destino o Brasil, seja a negócios ou lazer, têm encontrado cada vez menos barreiras para a obtenção de visto de entrada no país. E um relatório divulgado na última semana pelo Ministério do Turismo evidencia isso.

Segundo o levantamento, dos 81,1 mil viajantes da Austrália, Japão, Canadá e Estados Unidos que solicitaram o visto para entrar no Brasil, entre fevereiro e maio deste ano, 60,9 mil (75%) deles utilizaram a via eletrônica para obtenção do documento. Vale ressaltar que esses são os quatro países que possuem têm direito ao e-visa.

Ainda de acordo com o levantamento do Ministério do Turismo, a quantidade de emissões de vistos, por meio eletrônico, aumentou no período, passando de 57,5%, para os atuais 81,1 mil, registrando um salto de 41%.

E essa facilitação para obter o visto pode refletir positivamente no aumento do fluxo de pessoas viajando para o Brasil, o que pode ter impacto direto na economia do país. Segundo uma estimativa da OMT (Organização Mundial do Turismo), esse crescimento pode ser de até 25%.

No ranking dos países com mais solicitações de vistos eletrônicos, os Estados Unidos aparecem disparados na frente e representam 69% do total, com 46,19 mil pedidos. Os australianos aparecem em segundo lugar, com os canadenses em terceiro e os japoneses completando a lista das quatro nações que dispõem deste benefício.