EMBARQUE NAS MELHORES TARIFAS


Novas regras de bagagem: o que mudou?

 

Já entraram em vigor as novas regras da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) que, entre outros itens, estabelecem uma importante mudança a respeito da regulamentação da franquia de bagagens aéreas. Antes, aos passageiros de voos domésticos era permitido despachar gratuitamente uma mala de 23 kg e, aos de voos internacionais, até duas malas de 32 kg cada. Com a mudança, a ANAC não impõe mais limites mínimos para bagagens despachadas, de forma que cada companhia poderá cobrar pelo serviço como desejar. Entenda agora como era e como ficou.

Franquias
de
Bagagem
Antiga RegraNova Regra
Bagagem
de mão
Até 5 Kg:
sem taxas adicionais
(valor incluso no preço da passagem)
Até 10 Kg:
sem taxas adicionais
(valor incluso no preço da passagem)
Bagagem despachadaAté 23 Kg para voos domésticos e até duas malas de 32 Kg para voos internacionais: sem taxas adicionais
(valor incluso no preço da passagem)
Cada companhia poderá definir sua estratégia comercial para cobrança de bagagem. De acordo com a nova resolução da ANAC.

 

Nova regra para franquia de bagagem em cada companhia aérea no Brasil:

 

 LATAM
(entrou em vigor em 18 de maio)
GOL
(a partir de 20 de junho)
AZUL
(a partir de 1º de junho)
AVIANCA
ainda sem previsão
Voos
Nacionais
1 peça de até 23 Kg gratuito.

Tarifa flexível/Programada: 1 peça de até 23 Kg gratuito.

Tarifa Light(Tarifa mais econômica): até 23 Kg:
1ª bagagem - R$ 30 (canais digitais) / R$ 60 (check in)
2ª bagagem - R$ 50 (canais digitais) / R$ 100 (check in)
3ª a 10ª bagagem - R$ 60 (canais digitais) / R$ 120 (check in)
Tarifa Azul: R$ 30 até 23 Kg

Tarifa Mais Azul: Gratuito até 23 Kg
-
Voos InternacionaisAmérica do Sul e Caribe: 1 peça de até 23 Kg gratuito;

Demais Rotas: 2 malas de até 23 kg (cada) gratuitas.

Tarifa flexível/Programada: 1 peça de até 23 Kg grátis.
GOL Premium: 1ª e 2ª peças de até 23Kg (cada) gratuitas.

Tarifa Light(Tarifa mais econômica): até 23 Kg:
1ª bagagem - U$ 10 (canais digitais) / U$ 20 (check in)
2ª bagagem - U$ 30 (canais digitais) / U$ 60 (check in)
3ª a 10ª bagagem - U$ 45 (canais digitais) / U$ 90 (check in)
2 malas de até
23 kg (cada) gratuitas
-
Clientes Premium1 volume extra grátis (Platinum, Black e Black Signature)1 peça extra grátis (Prata);
2 peças (Ouro); e
3 peças (Diamante)
Voos nacionais:
1 volume extra grátis de até 5 Kg (Topázio), 10 Kg (Safira) e 15 Kg (Diamante);
voos internacionais:
1 volume extra grátis (Diamante)
-

LATAM

 

A Latam informou que implementará as novas regras gradativamente. Para o despacho da primeira mala (de até 23 Kg) em voos domésticos será cobrada uma taxa a partir de R$ 30. Quanto ao excesso de bagagem, a cobrança será diferente para cada tipo de rota. Para voos nacionais, haverá uma tarifa fixa de R$ 80 por peça excedente e as taxas por peso excedente serão de R$ 120 (para volumes de 23 Kg a 32 Kg) e R$ 200 (para volumes de 32 Kg a 45 Kg). Em voos internacionais com destino à América do Sul e ao Caribe, será cobrada uma tarifa fixa de US$ 90 por peça excedente; as taxas por peso irão variar entre US$ 90 (de 23 Kg a 32 Kg) e US$ 180 (de 32 Kg a 45 Kg). Para outras rotas internacionais, o despacho por peça excedente custará US$ 150 e as taxas por peso extra serão de US$ 100 (para volumes entre 23 Kg e 32 Kg) e US$ 200 (para bagagens entre 32 Kg e 45 Kg). Maiores informações estão disponíveis em https://www.latam.com/pt_br/comunicacao/sua-bagagem/novas-regras/.

 

GOL

 

A data marcada para início da implementação das novas regras na Gol é 20 de junho. O custo da primeira bagagem despachada em voos nacionais será de R$ 30, em caso de compras pela internet, ou R$ 60, no balcão de check in. Para os voos internacionais, o despacho da primeira mala poderá variar entre US$ 10 e US$ 20.  A empresa falou à imprensa também sobre o lançamento de uma nova classe tarifária promocional, a “Light”, para clientes que optarem por viajar somente com bagagem de mão. Confira a tabela completa aqui: https://www.voegol.com.br/pt/bagagem.

 

AZUL

 

A Azul, que iniciará a cobrança por bagagem despachada no dia 1º de junho,  comunicou à imprensa sobre o lançamento de uma nova classe tarifária promocional para clientes que aceitarem viajar só com a mala de mão – para os quais serão oferecidos descontos de até 30% e uma taxa no valor de R$ 30 se optarem por ter a mala despachada. Com a mudança, as passagens serão classificadas em duas categorias: a Azul e a Mais Azul. “Ao optar pela categoria Azul, o cliente pagará mais barato pela passagem na comparação com a tarifa Mais Azul e poderá escolher pela compra ou não do serviço de bagagem despachada. A categoria Mais Azul mantém a prática tarifária atual, que inclui franquia de 23 kg de bagagem e sempre estará disponível para compra”, explicou a empresa. Confira todas as opções de tarifas em http://www.edestinos.com.br/voeazul/bagagem-despachada.

 

AVIANCA

 

A Avianca Brasil ainda não definiu sua estratégia para aplicação das novas normas. Esclareça suas dúvidas no site oficial da empresa, através do link https://www.avianca.com.br/bagagens#bagagem-despachada.

 

Fonte: portal G1, Catraca Livre, Época Negócios, ANAC, Gol, Latam, Azul e Avianca.