Coronavírus: Viagens de países da Europa aos Estados Unidos são suspensas por Trump

O presidente norte-americano Donald Trump, anunciou ontem (11), que o país irá suspender as viagens de países da Europa aos Estados Unidos por um período de 30 dias a partir desta sexta-feira. As medidas foram tomadas para tentar conter o novo coronavírus, no mesmo dia em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia de Covid-19.

Após o discurso de Trump, o Departamento de Segurança Nacional publicou nota que explica que a medida vale para estrangeiros que estiveram nos 26 países da Zona Schengen nos 14 dias anteriores à tentativa de retorno aos EUA. Assim, o Reino Unido, que tem 460 casos, não entra na medida.

As restrições não se aplicam a quem tem residência permanente nos EUA e a “parentes imediatos” de cidadãos norte-americanos. O Departamento de Estado dos EUA emitiu um aviso aconselhando os cidadãos a reconsiderarem as viagens ao exterior devido ao impacto global do surto de coronavírus e à resposta dos países a ele.

O Departamento de Estado dos EUA também explicou que as medidas não valem para o transporte de mercadorias.

Até a última atualização desta reportagem, havia mais de 1 mil casos de Covid-19 nos EUA. De acordo com levantamento da Universidade Johns Hopkins, 36 pessoas morreram no país por causa da doença.
Veja abaixo quais os países incluídos na medida:

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Eslovênia
  • Estônia
  • Espanha
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Hungria
  • Islândia
  • Itália
  • Letônia
  • Liechtenstein
  • Lituânia
  • Luxemburgo
  • Malta
  • Noruega
  • Países Baixos
  • Polônia
  • Portugal
  • Suécia
  • Suíça
Trump, pediu também ao Congresso que vote a favor de reduções fiscais para ajudar a combater possíveis perdas econômicas causadas pelo vírus.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou nesta quarta-feira a pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). Segundo o órgão, o número de pacientes infectados, de mortes e de países atingidos deve aumentar nos próximos dias e semanas.

Apesar disso, os diretores ressaltaram que a declaração não muda as orientações, e que os governos devem manter o foco na contenção da circulação do vírus.
Na prática, o termo pandemia se refere ao momento em que uma doença já está espalhada por diversos continentes com transmissão sustentada entre as pessoas.